Como o Kindle mudou meu hábito

Categorias DICAS, PESSOALIDADES

Estou com o Kindle há cerca de três meses e gostaria de compartilhar como ele mudou, não só meu, mas do meu marido e amigos, que voltaram ao hábito de ler.

Uma de minhas metas para 2017 era voltar a ler e, principalmente, ler todos os livros que eu não consegui finalizar no ano passado. As dúvidas foram inúmeras, afinal, eu nunca possui um e-reader; no entanto, a todo momento eu pensava a respeito e repetia pra mim mesma: preciso comprar um e-reader, mas qual?

De início fiquei em dúvida entre o Kindle e Kobo, por isso busquei ajuda e conversei com amigos que já possuem esses dois modelos de e-readers. Por unanimidade, recebi indicações boas do Kindle Paperwhite da Amazon. Era apenas a cereja do bolo que faltava para eu realizar a compra e, assim o fiz ao chegar em casa. Efetuei a compra no site da Magazine Luiza (estava mais barato por lá).

Depois de três longas semanas aguardando, eis que o grande dia chegou e simplesmente estou amando! É muito bom ter a praticidade de levar seus livros pra qualquer lugar sem ter que se preocupar com peso na bolsa e sem falar no preço dos livros e-books que são cerca de 40% mais baratos que os livros físicos. Você também tem a opção de assinar mensalmente o plano do Kindle Unlimited, que te dá acesso ilimitado a milhares de eBooks para ler à vontade. É sempre bom verificar se vale a pena realizar a assinatura. Se você lê bastante, então vale sim, assinar o plano. Já no meu caso, ainda estou analisando a possibilidade.

Edna,  mas o que é um e-reader?

Um e-reader é um leitor de livros digital, feito especialmente para quem tem o propósito de ler. Não dá para navegar na internet da mesma maneira que um smartphone ou tablet, pois a função básica do e-reader é proporcionar uma experiência agradável de leitura ao leitor. Como a tela do e-reader não possui reflexo, assim como outros dispositivos móveis, dá pra ler mais tempo e sem cansar a vista.

O kindle Paperwhite, que foi o modelo que achei melhor, pelo custo benefício para minha necessidade. Ele é uma versão intermediária dos e-readers da Amazon. Há vários outros modelos, que por sinal, são top de linhas com funcionalidades mais robustas e com design mais atraentes.

O kindle Paperwhite possui as seguintes especificações:

  •  Tela de alta resolução com 300 ppi – duas vezes mais pixels do que as gerações anteriores;
  •  Iluminação embutida – leia durante o dia ou à noite ;
  •  Possui uma fonte exclusiva, a Bookerly, para que o leitor tenha uma experiência ainda mais parecida com uma página impressa;
  •  A tela não tem reflexo, mesmo sob a luz do sol;
  • Tela sensível ao toque;
  • Dimensões: 169 mm x 117 mm x 9,1 mm
  • Duração da bateria (até 8 semanas);
  • Iluminação com 4 LEDs;
  • Funcionalidades exclusivas que você pode acessar sem sair da página que está lendo: Construtor de vocabulário;
  • Dicas de vocabulário e dicionário;
  • Internet wi-fi;
  • 4 GB (armazenamento destinado a conteúdo e sistema operacional); armazena milhares de eBooks;
  • Armazenamento gratuito na Nuvem para todo o conteúdo da Amazon.

Acredito que a única ressalva, sobre o que poderia ser melhorado e adicionado a lista das especificações, sem aumentar o valor final da compra, seria:

  • Case e Internet 3G.

Afirmo com sinceridade, que com o kindle em mãos, consegui ter mais disciplina para voltar a ler os livros que estavam esquecidos e empoeirados na estante. A meta do ano consiste em ler, no mínimo, 1 livro por mês, mas adianto que estou bastante contente com o saldo de 4 livros lidos até o momento, mas isso já é assunto para o próximo post.

Beijos e obrigada por tudo, pessoal!

Especialista em Comunicação e Mkt Digital, Designer gráfico e web, idealizadora do Florescer Comunicação. Ama o que faz e adora compartilhar as bonitezas que encantam a alma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *